Horário de Atendimento da Prefeitura: 8h às 17h
Rua Prudente de Moraes, 93 – Centro - CEP: 12.380-000 - CNPJ: 46.694.121/0001-81
Telefone: (12) 3972-6620 | Fax: (12) 3972-0104
comunica@santabranca.sp.gov.br

Sistema de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) será implantado a partir de 31 de outubro de 2017

Visando a comodidade, praticidade e aderindo as novas tecnologias, a Prefeitura Municipal de Santa Branca, através da Secretaria de Finanças, a partir do dia 31 de outubro de 2017 disponibilizará a nota fiscal de serviços eletrônica no município.

Para se cadastrar, as empresas e prestadores de serviço deverão acessar o site da Prefeitura (www.santabranca.sp.gov.br) ir ao menu Serviços>Nota Fiscal Eletrônica e/ou no link abaixo e clicar na opção Regularização Cadastral da Empresa.

NOTA FISCAL ELETRÔNICA:  http://138.204.89.129/pmsantabranca/websis/siapnet/arrecadacao/issonline/iss.login.php

 

O QUE É NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA?

A Nota Fiscal de Serviços Eletrônica – NFS-e é o documento fiscal de existência apenas digital que substituirá as tradicionais notas fiscais de serviços impressas. A NFS-e, implantada pela Secretaria de Finanças, será emitida e armazenada eletronicamente em programa de computador da Prefeitura Municipal de Santa Branca, com o objetivo de materializar os fatos geradores do ISSQN – Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, por meio do registro eletrônico das prestações de serviços sujeitas a tributação do ISSQN.

BENEFÍCIOS:

Redução de custos de impressão do documento fiscal, uma vez que o documento é emitido eletronicamente;
Redução de custos de aquisição de papel;
Redução de custos de armazenagem de documentos fiscais;
Simplificação de obrigações acessórias. Por exemplo: autorização de impressão de notas fiscais;
Redução do consumo de papel, com impacto positivo em termos ecológicos;
Padronização dos relacionamentos eletrônicos entre empresas;
Facilidade e simplificação da escritura fiscal e contábil;
Oportunidade de serviço através de consultoria relacionada à NFS-e;
Aumento da confiabilidade da Nota Fiscal;
Melhoria no processo de controle fiscal, possibilitando um melhor intercâmbio e com-partilhamento de informações entre os fiscos;
Diminuição da sonegação sem aumento de carga tributária.

DECRETO – 076 – DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DO REGIME DE EMISSÃO DA NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA