Horário de Atendimento da Prefeitura: 8h às 17h
Rua Prudente de Moraes, 93 – Centro - CEP: 12.380-000
Telefone: (12) 3972-6620 | Fax: (12) 3972-0104
comunica@santabranca.sp.gov.br

Santa Branca – Histórico

SANTA BRANCA

O município de Santa Branca está situado no Vale do Paraíba, a 91 km da capital São Paulo (SP). Fundada em 1832, a cidade ainda preserva parte de sua arquitetura original e divide se entre áreas urbanas, com pequenos bairros e zona rural, com antigas fazendas.

A cidade carrega o título “Cidade Presépio”, pois na década de 50 o prefeito Waldemar Salgado julgou necessário que o município possuísse um codinome. Após algumas ideias, o turista carioca Jarbas Queiroz sugeriu esse nome porque suas ladeiras, suas casinhas e a simplicidade de sua gente o faziam lembrar de presépios natalinos.

Como toda cidadezinha histórica, Santa Branca possui suas peculiaridades, algumas delas na gastronomia, com o saboroso “pintado na brasa” feito por alguns restaurantes da cidade, além de suas cachaças artesanais em pequenos alambiques. Já no calendário de eventos a cidade promove festas populares e religiosas, dentre os quais destacamos: o Carnaval de rua, Feira Agroartesanal (FASBRA), Festa Junina, Festa do Divino, Festa da Padroeira e a Folias de Reis.

Privilegiada pela natureza, Santa Branca é cortada pelo rio Paraíba do Sul, que nessa região é limpo, sendo apreciado por santabranquenses e turistas, que desfrutam de suas trilhas, cachoeiras e montanhas.

A cidade também proporciona eventos ecológicos e esportivos, como, o Ecobóia, um passeio de boia pelo trecho do rio Paraíba do Sul, o Trilhão – encontro de Motocross, Encontro de jipeiros, além das famosas Cavalgadas, que percorrem zonas urbanas e rurais da cidade em festas religiosas.

Por meio dos esforços da administração pública e da sociedade civil, a cidade tem despontado cada vez mais como uma opção para visitantes do Vale e do estado de São Paulo, sobretudo por sua tranquilidade e hospitalidade.

Bem vindo a Santa Branca!


HISTÓRICO DE FUNDAÇÃO DO MUNICÍPIO

Em 1652, começa a nascer a Vila de Nossa Senhora da Conceição de Jacareí, partindo daí, as raízes históricas de Santa Branca.

A instalação de um governo local deu impulso e velocidade ao povoamento e desenvolvimento da margem esquerda do rio Paraíba do Sul, onde mais tarde foi construída uma capela dedicada à Santa Branca, por iniciativa do Capitão de Ordenança Bibiano José Nogueira em terras doadas por Domingos de Brito Godoy.

Existem informes de que a data da cidade seria 29 de Março e não 22 de Maio. Isso se atribui ao fato de que a demora de comunicação entre a Capital e o Bairro d’Angola era de mais ou menos um mês. O documento oficial data 29 de Março, mas a comemoração é feita quando da data de chegada do documento à cidade, ou seja, 22 de Maio de 1832.

Em junho de 1833, o padre João Batista da Silva Borges chega ao povoado. Ocupou o posto de Vigário da Paróquia, criada em Dezembro de 1839 e permaneceu aqui até 1842.

Completando a estruturação do Curato, a Câmara Municipal de Jacareí realizou a eleição para Juiz de Paz de Santa Branca, elegendo o Sargento Victoriano José de Moraes, que tomou posse no dia 20 de Junho de 1833. Foi então nomeado Escrivão do Juizado de Paz José Joaquim Ferreira. Estava assim estruturado o núcleo das autoridades que deveria conduzir o destino do povo e da região, ainda que, dependente das autoridades de Jacareí.

A vila foi crescendo e em 20 de fevereiro de 1841, a Assembleia Legislativa Provincial, aprovou o projeto de lei elevando o Curato à condição de Freguesia. Isso perdurou até 1856, quando a Freguesia foi promovida à condição de Vila.

Em seguida, foi realizada a primeira eleição para a Câmara Municipal de Santa Branca.

O Ajudante José Ferreira Braga, que havia sido o líder do processo emancipacionista, em sinal de protesto não compareceu ao ato, esperando para cumprir este ritual na sua amada Vila de Santa Branca.

Da criação do município (05 de março de 1856) a criação do cargo de Intendente (03 de outubro de 1892) quem administrava o município eram os próprios vereadores. A partir da data citada é que se passou a escolher o Intendente a parte e dos vereadores
Apenas em 1908 o Capitão José Luiz de Siqueira passou a assinar documentos, atos e o expediente de rotina como Prefeito e não mais como Intendente. Em finais de 1908, tomou posse o primeiro prefeito eleito de Santa Branca, Claudino José de Souza.

Datas Importantes para criação do município
22 DE MAIO DE 1832 – Criação do Curato de Santa Branca;
11 de dezembro de 1839 – Criação da Paróquia;
08 de fevereiro de 1841 – Criação da Freguesia;
05 de março de 1856 – Criação do Município;
25 de Agosto de 1892 – Criação da Comarca.